Partícula

Improviso os sentimentos
descarrego os sofrimentos
encaixo as esperanças
nos sagrados momentos

que não vivemos,
nem se quer os conhecemos
desprendemos o véu
para eu puder alegrar o meu céu

limpar o pó cinzento da vida
atrair-me por ti coisa ridícula
os teus olhos que tal como sida
desfazem-me até uma partícula.