Me vou declarar á sorte

Me vou declarar á sorte

Pedindo-lhe que me adie a morte.

Solto-me no espaço

Me esvaneço no escasso.

Me vou declarar á sorte
Pedindo-lhe que me adie a morte.

Caminho no vazio

Me diambulo no silêncio frio.

Me vou declarar á sorte
Pedindo-lhe que me adie a morte.