Um dia…

Um dia penso estar noutro lugar,
saborear um novo vento…
apalpar um novo ar,
e quiçá desfrutar um novo momento.
Um dia chego a um sítio distante,
me encontro com a sorte…
despeço-me do azar cortante…
e tento desafiar a morte.
Um dia viajo para uma cidade cinzenta,
pinto-a de cores quentes…
sou criticado por quem a inventa…
e louvado por frescas e belas mentes.