Deseleixado

Lisonjeando, misturando, matutando

vou averiguando…

Um ponto secreto,

Um mistério incompleto,

Um mundo repleto,

de guerra, de paz,

de amor e ódio,

de frio e calor

e de dor…

Muita é essa dor

que nos atormenta,

nos detrói,

os momentos fugazes

que da eternidade fazem de nós seres sensíveis…

desleixados, fechados e aniquilados:
ao medo, á indiferença e á eterna dor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

1

)

  1. Anónimo

    para variar gstei :)so espero que nao sintas essa dor que nos corroi por dentro pq o mereces ser feliz :)bjinho***