Fez-se luz no meu mundo

Por muito escuro que seja,
o meu mundo…
de quando em vez,
se lembra de sorrir,
Faz-me acreditar,
que há coisas que não se explicam,
Simplesmente se desenrolam, se descobrem, se perguntam…
Deixo-me levar…
Descontraio e recaio nos meus pensamentos, nos meus sonhos,
que guardo zelados na minha mente, na minha alma,
As palavras até podem ser subjectivas,
mas a maneira como as sentimos é única…