À sombra da laranjeira

Balançado num momento

Pensando na vida noutro

Vou sonhando…

Aprendendo, respirando ar puro

Vou pensando

á sombrada da laranjeira…

Pelos frutos da minha criação

vou me esforçando…

Para atingir o que eu quero

Pois o que quero, não se resolve

de uma só vez…

Constroi-se ao longo da vida…

Num percurso longo que fortifica a vontade

e ambição de alcançar um pouco mais tarde…

As sementes da minha criação!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

2

)

  1. Anónimo

    Parabéns pelo teu saber!!!Tio Ângelo

  2. Anónimo

    Oláamt lindo tens poemas fantastikosadorei mesmo..eu n kocigo faxer ok faxes..simplesmente lindobjs e ptt bem********