Chorar

Os olhos ardem secretamente

As mágoas exaltam-se,

E junto do vento a lágrima se solta…

E ligeiramente pousa no solo…

Como uma folha no Outono.

As estrelas acompanham o nosso coração,

Chovendo a cantâros…as lágrimas se descolam dos olhos brilhantes…

E aterram na areia seca e fria,

Não quero chorar,

Quero simplesmente relembrar

O que fizeste por mim,

O que eras para mim,

Um mar, uma paisagem,

Um barco, uma viagem,

Uma estrela, uma miragem,

Quando o sol se esconder

Por ti vou chorar,

Nas areias secas minhas mágoas enterrar,

No deserto minha pele queimar,

E lembrar os momentos que juntos passamos…