Um quadrado para bloquear.

As últimas páginas são as mais revoltosas.

E ainda assim não sabes ao certo como terminar o que acabas de iniciar.

Entregas-te ao vazio do tempo, nesse por de lapidar musgo dos dias.

E vives no de tal modo aparente processo de fantasiar.