ORA COMO

Como se todas as linhas
derivassem da mesma esfera.
Em nome da Lua castigadas

Como as súbitas dilatações da papila
gustativa ao interagir com o gengibre
Se traem num doce se retraem num amargo

Ora discípulas ora funestas
contorcendo-se ao descer por entre
a tua clavícula internamente

Entornadas como todas as coisas
num copo meio cheio de um
sistema meio vazio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

0

)