mambo sapo seco

os ecos secos dos dias
tente chutar na escuridão

as placas frias
do  tempo sentando-se
no meu peito

como um sapo venenoso
passando a língua na mosca
acelerando a respiração

forçando-a a deglutir
o que não tem…
um perfume efetivo

a vinagre balsâmico

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

0

)