A beleza dos tetos da Sissi quando se molham no rio Labriosque

É desalmadamente flagrante delito,
Minorca, couve-flor que brota,
Seiva esbranquiçada nos sulcos
Arrota, floral croqui da juventude,
Menina doce, gingando xingando
Por ali, e aí abananado
Dançando o casto seio
Na margem esquerda do leito,
A ponte, o oásis que atravessa o tempo…
Frescura efémera do rabiosque sincero.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

0

)