Inter Lúdico

O desplante convidado a sentar à mesa, com a razão surpreendente do congénito absurdo que deambulava de mãos dadas com a ironia uma vez mais à luz do doce dia. No consórcio dos imorais, regem-se os mortais suplantados, na semente do pecado, amortizando a queda, na asa-delta do prazer depravado. O sorvo da humanidade é a seiva envenenada dos deuses, o divertimento dos afortunados megalomaníacos sorridentes, que raramente lavam os dentes, quando é hora de falar mal de outras gentes. As palavras, gemem, no intelecto extensamente divagado quando sonho, trinco, ou cuspo, o hálito na minha alma cremado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

3

)

  1. Sofia

    Bem tu escreves mesmo bem. Gostei muito do teu post! De verdade! Continua assim! :)Dá gosto ver textos deste modo elaborados.

  2. devorelebeaumonstre.
  3. Saltos de Cristal

    Love it!!!Kisses,Saltos de Cristal