200!

Estorricado,
Acalorado, esvoaçando
Na areia escaldante
Derrete-me, derreto-te
Na água salgada
Por um curto momento distante
No licor me afogo
Ganho negra, negra cor
No meu corpo, 
no corpo de quem for
sou brisa descontente
espelho vácuo de suor
suo sonhos picantes
sonhados,
por uma alma maior.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

0

)