Desmaio


Parte-se o espelho

Dum rosto alegre
Cai a máscara da felicidade
Sussurra-se a palavra vaidade
Dum morto agre
Concerta-se a fotografia
Da sublime divindade
Tropeça nos calabouços do terror
Sofre, por sofrer de amor
De noite e de dia
Desmaia na ansiedade
Duma cama sem cor.