Para amar…

Um sorriso a mais,
olhares a menos,
amores que tais…
são pequenos.
Relva que pisas,
deixas-me leve
velejando nas brisas,
um voo breve.
Vedes as estrelas
brilharem no céu.
São tão belas,
como o olhar seu.
Tocas-me no escuro,
num simples gesto
me deixas inseguro…
logo me manifesto.