Despir a dor da minha alma

Julguei-me controlador

e sofri…

Julguei-me vencedor

e perdi…

Julguei-me fraco

e venci…

Nunca,

se deve esperar…

para descarregar…

a dor que flutua na alma.

Morrer a pensar,

na morte…

é como sofrer

e pensar no sofrimento

Desprezar a sorte,

é alimentar o azar.

Portanto resolvo desprezar o azar,

a fim de alcançar a sorte,

que deve vir a meu encontro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

1

)

  1. Ines

    gostei do teu blog…o encanto das palavras encontrei,continua…