Duas Faces

Agarrar a esperança,

Deixar a ganância…

Voar sobre as mentiras,

continuar a assistir a brigas?

Fui traído pela minha própria sombra…

Bem ou mal será difícil de escolher?

Julgar alguém pelos gostos que têm…

não será o mais correcto a fazer…

Vou fugir, me esconder?

Garantir o meu refúgio na caverna da solidão!?

Ou assumir, que errei…

e garantir o meu refúgio na ilha do prazer?