Dia de sonhar…

Hoje, sentei-me no chão
Viajei por entre ás árvores…

Árvores que suas folhas…
Iam poisando no chão!

Memórias apagadas…
Vejo uma luz na escuridão!

Luz que me acende a esperança
E aquece meu coração,

Hoje acordei sonhador,
Não me esqueço que a esperança…

Alimenta-nos e então…
Vindo do interior,

Um poema sonhador,
Que se fez sem dor…

Para apagar a tristeza
E acender o amor!