O paraíso de amanhã

De certo, um dia, o mundo vai ter um fim…
Será que a Terra vai deixar de ter sítios paradisíacos?

Algures perdida no oceano
Flutua uma misteriosa ilha deserta
Que se cruza com o horizonte
Mistura-se com o mar
Mas nem á noite vê um monte
Só rodeada por água e ar
Permanece intacta
até os homens
resolverem lá habitar!
Sempre com o mesmo encanto…
As suas doce manhãs
As suas belas paisagens
Poderão ter um fim?

Essa ilha ainda não perdeu a cor até um dia
Será que ela poderá ficar assim?

Tudo depende de nós…