Insuficiente

Percorro o longínquo espaço

para desobrir quem sou eu

Vagueio pelo nada

para desvendar de que massa eu sou feito

Procuro as diferenças

para descobrir as semelhanças

Mas isto não é suficiente

Porque não consigo complementar-me

caso haja paixão…opto sempre por escondê-la

no meu efémero coração

Caio e recaio sobre os meus problemas

mas para eles ainda não arranjei solução

Desvendo um enigma e logo de seguida me aparece outro,

È pena…

Ser um ser Insuficiente!