Uma lágrima nos confins dum beijo

Surprendente o beijo se manifesta,
da ares de sua presença,
e dos seus doces lábios estava prestes a descolar,
por magia ou não, era tão grande a emoção,
que o meu coração obrigou uma lágrima voar
e por íncrivel que pareça, foi ao peito dela parar.
Sorri secretamente, mas ao mesmo tempo amedrontado,
ansioso pela sua reacção,
Sem saber o que dizer,
fechei os olhos,
e deixei-me levar,
para algo novo
que estava prestes a começar,
O despertar de um beijo,
Um olhar brilhante,
O romper da paixão!