Ventos

Que por momentos,

Da triste paisagem

Se soltam os ventos

Sem paragem…

Aborrecidos,

Aterram no horizonte

e desfavorcidos,

Crescem junto ao monte,

A sua origem é desconhecida,

Mas poderá ser malígna,

Contestam os deuses,

Na sua reunião…o lançamento dos ventos enforecidos,

em todo oriente.

A vida não passa de um vento,

Que vai e volta,

E um dia termina num momento.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

0

)