Tão Longe Mas Tão Perto

Podes estar longe

E tão perto

Nada muda

Nada cura

Esta loucura

Que sinto, e volto a sentir

Insisto, em ti,

E nada faz ruir

O que construímos

Por pouco cimento

Por pouco fermento

Nada arrefece

Cada momento

Que passamos

Cada caminho

Que traçamos

Cada refúgio

Que encontramos

Faz-me acreditar

Que só serei feliz

Enquanto te puder beijar…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

0

)