Amantes distantes

Numa tarde primaveril
sonho poder ao teu lado estar,
Plantar as sementes da paixão,
Semear um prazer viril,
Germinar de novo o coração.
Interrogar-me a teu respeito,
Despir-te e tapar-te
Passear-me no teu peito
Amar-te e Explorar-te
Sem nenhum preconceito,
Jazir o mal num caixão,
Aderir a um conceito…
Ter-te na minha mão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Comments (

1

)

  1. Unknown

    Parabéns pelo blog, dentre outras coisas, amo poesia.BjobjoLuxos e Luxos – moda, beleza, poesia e afins