Carimbo

Um soberbo olhar,
Um verso por plantar,
Uma planta por regar
Uma folha por carimbar,
com o nome perdido do poeta!
Poeta que se esconde
que se solta…
num lugar oculto
Carimbo, um tumulto…
Sombrio, o seu coração…
Triste, o seu olhar…
Frio, o seu corpo…
Carimbo, no rosto.